quarta-feira, 19 de abril de 2017

Ministro de Minas e Energia se coloca à disposição de Eduardo Braga para debater soluções para crise do setor no Amazonas



O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, colocou-se, na noite desta terça-feira (18/04), à disposição do presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado, senador Eduardo Braga (PMDB/AM), para debater, no âmbito do colegiado, soluções e alternativas para a crise de fornecimento de combustível necessário à geração de energia no Amazonas.



“Vamos tratar desse tema na comissão junto com os players do setor e chegar a uma solução que não penalize o estado”, afirmou o ministro ao senador.  “Destaco a forma propositiva com a qual o ministro veio conversar conosco e a parceria que a Comissão de Infraestrutura está estabelecendo com o Ministério de Minas e Energia para encontrar soluções diante de questões desafiadoras do nosso país, como a situação dramática que o Amazonas enfrenta”, respondeu Eduardo Braga.  

Audiência pública – Mais cedo, o colegiado presidido pelo parlamentar amazonense aprovou o requerimento de autoria dele para a realização de audiência pública, na primeira quinzena de maio,  em que será discutido o impasse do fornecimento de gás da Petrobras para a Amazonas Energia.  

“O estado sofre, neste momento, sanções por uma decisão, a meu ver, equivocada da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) de desligar usinas movidas a gás”, explicou o senador. “Isso tem ocorrido porque a agência retirou o custo de geração a gás da tarifa de energia e, consequentemente, do orçamento da Eletrobras e da Amazonas Energia.  O povo do estado ainda foi penalizado com o desligamento da usina térmica de Aparecida e de Mauá”, acrescentou.

Estão entre os convidados para a audiência o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior; o presidente da Petrobras, Pedro Parente; o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Paulo Pedrosa; o secretário de Energia Elétrica do MME, Fábio Lopes; o diretor-Aneel, Romeu Rufino; o diretor presidente da Eletrobras Distribuição Amazonas, Francisco Romário Wojcicki, além do diretor presidente da Amazonas Geração e Transmissão de Energia, Wady Charone Júnior.

0 comentários:

Postar um comentário